Break

Policia
Noticias/module

Política

Politica/column

Rondônia

Cidade/column

Polícia

Policia/style

Esportes

Esportes/style

Cinema

Cinema/carousel

Videos

Videos/box

As Mais Lidas

Parlamentares de Espigão do Oeste buscam autonomia para o município na delimitação de áreas de preservação

Parlamentares de Espigão do Oeste buscam autonomia para o município na delimitação de áreas de preservação


Medida visa atender moradores com  propriedades em área urbanas, próximas a cursos da d’água
Os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB), presidente da Câmara Municipal, e Zonga Schultz (PP), ambos de Espigão do Oeste/RO, estiveram no gabinete do senador Confúcio Moura (MDB) na quinta-feira (23). Em audiência, pediram apoio do parlamentar na tramitação do Projeto de Lei do Senado (PSL) n° 368/2012, de autoria da senadora Ana Amélia.
A proposição possibilita que Áreas de Preservação Permanente (APP) marginais a corpos d’água – rios, córregos, lagoas... –, localizados em áreas urbanas, sejam definidas nos planos diretores e leis municipais de uso e ocupação do solo. A regra atual, imposta pela Lei nº 12.651/2012, exige a largura mínima de 30 metros de projeção entre os leitos d’água e as moradias. Contudo, a imposição legal impõe graves dificuldades aos moradores, que construíram seus imóveis antes da legislação ou possuem terrenos pequenos.
“Foi uma visita de cortesia. Eles trouxeram projetos na área ambiental da cidade, principalmente sobre as APPs, com propostas diferentes. O texto da Ana Amélia está hoje sob a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM) e, nesta sexta-feira (24), terão uma audiência com o parlamentar”, afirmou Confúcio.
“Os moradores clamam por meios para o município legislar sobre a causa. A lei ambiental não dá abertura”, reclama o vereador Zonga. O presidente da Câmara Municipal, Joveci do Pacarana, complementa o seu colega. “É muito difícil para os proprietários, muitas construções foram realizadas antes da legislação. O ideal seria o limite de 15 metros”, finaliza.
Assessoria de Comunicação

Medida visa atender moradores com  propriedades em área urbanas, próximas a cursos da d’água
Os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB), presidente da Câmara Municipal, e Zonga Schultz (PP), ambos de Espigão do Oeste/RO, estiveram no gabinete do senador Confúcio Moura (MDB) na quinta-feira (23). Em audiência, pediram apoio do parlamentar na tramitação do Projeto de Lei do Senado (PSL) n° 368/2012, de autoria da senadora Ana Amélia.
A proposição possibilita que Áreas de Preservação Permanente (APP) marginais a corpos d’água – rios, córregos, lagoas... –, localizados em áreas urbanas, sejam definidas nos planos diretores e leis municipais de uso e ocupação do solo. A regra atual, imposta pela Lei nº 12.651/2012, exige a largura mínima de 30 metros de projeção entre os leitos d’água e as moradias. Contudo, a imposição legal impõe graves dificuldades aos moradores, que construíram seus imóveis antes da legislação ou possuem terrenos pequenos.
“Foi uma visita de cortesia. Eles trouxeram projetos na área ambiental da cidade, principalmente sobre as APPs, com propostas diferentes. O texto da Ana Amélia está hoje sob a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB/AM) e, nesta sexta-feira (24), terão uma audiência com o parlamentar”, afirmou Confúcio.
“Os moradores clamam por meios para o município legislar sobre a causa. A lei ambiental não dá abertura”, reclama o vereador Zonga. O presidente da Câmara Municipal, Joveci do Pacarana, complementa o seu colega. “É muito difícil para os proprietários, muitas construções foram realizadas antes da legislação. O ideal seria o limite de 15 metros”, finaliza.
Assessoria de Comunicação

I Torneio AJOCA de Futsal Masculino e Feminino

I Torneio AJOCA de Futsal Masculino e Feminino



Mulher é morta a facada e golpe de barra de ferro na cabeça

Mulher é morta a facada e golpe de barra de ferro na cabeça

Maria Aparecida Maximiano, de 50 anos, foi morta na madrugada desta sexta-feira (24) em frente a uma residência localizada na Rua Major Amarante, Bairro Jardim das Oliveiras em Pimenta Bueno – RO.
A vítima foi assassinada com golpes de barra de ferro na cabeça e uma facada na altura do pescoço.
De acordo com a ocorrência, testemunhas ouviram os gritos da mulher e acionaram a Polícia Militar.
Ao chegaram ao local, os policiais se depararam com a vítima caída ao solo, toda ensanguentada.
Os bombeiros foram acionados, mas nada se pode fazer.
 Em uma ação rápida, os agentes ainda lograram êxito em captura o autor do crime, quando o mesmo se preparava para fugir.
Indagado sobre os fatos, o homem relatou à PM que horas antes, ele e a senhora Maria Aparecida estavam em uma festa, onde iniciaram uma discussão.
“Brigamos e fui embora. Passado algum tempo, ela chegou a casa e começamos um novo desentendimento, foi quando perdi a cabeça e usei a faca e a barra de ferro para matá-la”. Relatou o acusado que foi identificado como Félix Pereira da Luz.
Posteriormente, o senhor Felix recebeu voz de prisão e foi encaminhado para 1ª Delegacia de Polícia Civil em Pimenta Bueno.
Uma equipe da Perícia Técnica da cidade de Cacoal esteve no local e logo após o término dos trabalhos periciais, o corpo da senhora Maria Aparecida foi liberado para funerária de plantão.
Fonte: Pimenta Virtual – Da Redação
Maria Aparecida Maximiano, de 50 anos, foi morta na madrugada desta sexta-feira (24) em frente a uma residência localizada na Rua Major Amarante, Bairro Jardim das Oliveiras em Pimenta Bueno – RO.
A vítima foi assassinada com golpes de barra de ferro na cabeça e uma facada na altura do pescoço.
De acordo com a ocorrência, testemunhas ouviram os gritos da mulher e acionaram a Polícia Militar.
Ao chegaram ao local, os policiais se depararam com a vítima caída ao solo, toda ensanguentada.
Os bombeiros foram acionados, mas nada se pode fazer.
 Em uma ação rápida, os agentes ainda lograram êxito em captura o autor do crime, quando o mesmo se preparava para fugir.
Indagado sobre os fatos, o homem relatou à PM que horas antes, ele e a senhora Maria Aparecida estavam em uma festa, onde iniciaram uma discussão.
“Brigamos e fui embora. Passado algum tempo, ela chegou a casa e começamos um novo desentendimento, foi quando perdi a cabeça e usei a faca e a barra de ferro para matá-la”. Relatou o acusado que foi identificado como Félix Pereira da Luz.
Posteriormente, o senhor Felix recebeu voz de prisão e foi encaminhado para 1ª Delegacia de Polícia Civil em Pimenta Bueno.
Uma equipe da Perícia Técnica da cidade de Cacoal esteve no local e logo após o término dos trabalhos periciais, o corpo da senhora Maria Aparecida foi liberado para funerária de plantão.
Fonte: Pimenta Virtual – Da Redação

POLÍCIA PRENDE TRÊS POR TRÁFICO DE DROGAS EM PIMENTA

POLÍCIA PRENDE TRÊS POR TRÁFICO DE DROGAS EM PIMENTA

A Polícia Militar prendeu na da noite de ontem (23), mais três homens acusados por tráfico de drogas. O fato aconteceu na avenida fortaleza no bairro nova pimenta em Pimenta Bueno – RO.
As prisões ocorreram após investigações das Seções de Inteligência da Polícia Militar de Pimenta Bueno e Espigão do Oeste, onde uma residência estava sendo monitorada, quando um dos indivíduos chegou em um moto taxi, trazendo consigo um embrulho, adentrou a residência onde estava os outros agentes, todos se dirigiram para o fundo do quintal para realizarem a partilha da droga.
Diante disso, as equipes que estavam posicionadas adentraram no local, e abordaram todos, que ainda tentaram se desfazer da droga.
Foi apreendido (um) 1 quilo de maconha, 1 porção de crack, (seis) 6 aparelhos celulares, a quantia de R$ 213,00 reais e uma balança de precisão.
Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com material apreendido, sendo que os (três) 3 foram flagranteados e apresentados no Presídio.
POLÍCIA MILITAR! #Lealdade #Disciplina #Constância
A Polícia Militar prendeu na da noite de ontem (23), mais três homens acusados por tráfico de drogas. O fato aconteceu na avenida fortaleza no bairro nova pimenta em Pimenta Bueno – RO.
As prisões ocorreram após investigações das Seções de Inteligência da Polícia Militar de Pimenta Bueno e Espigão do Oeste, onde uma residência estava sendo monitorada, quando um dos indivíduos chegou em um moto taxi, trazendo consigo um embrulho, adentrou a residência onde estava os outros agentes, todos se dirigiram para o fundo do quintal para realizarem a partilha da droga.
Diante disso, as equipes que estavam posicionadas adentraram no local, e abordaram todos, que ainda tentaram se desfazer da droga.
Foi apreendido (um) 1 quilo de maconha, 1 porção de crack, (seis) 6 aparelhos celulares, a quantia de R$ 213,00 reais e uma balança de precisão.
Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com material apreendido, sendo que os (três) 3 foram flagranteados e apresentados no Presídio.
POLÍCIA MILITAR! #Lealdade #Disciplina #Constância

Parlamentares de Espigão do Oeste buscam autonomia para o município na delimitação de áreas de preservação

Medida visa atender moradores com  propriedades em área urbanas, próximas a cursos da d’água Os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB), pr...

GIRO NA NOTÍCIA

randomposts