Bebê leva 25 pontos na cabeça ao ser cortada com bisturi em cesárea


Uma recém-nascida levou 25 pontos na cabeça ao ser cortada com o bisturi durante a realização de uma cesariana na Santa Casa de Araçatuba, interior de São Paulo.
No momento da retirada da bebê da barriga, o pai, que assistia ao parto, informou à obstetra que havia um corte no lado direito da cabeça da criança provocado pelo bisturi.
O pai relata que, imediatamente, a bebê foi encaminhada a um cirurgião pediatra que fez a sutura de 25 pontos. A criança teve alta seis dias depois, junto com a mãe, que se recusou a sair do hospital sem a filha.

A mãe havia dado entrada no hospital no dia 27 de agosto com 38 semanas e cinco dias de gravidez, pois no dia anterior havia perdido líquido aminótico. O boletim de ocorrência foi feito somente na última sexta-feira (19).
Na chegada ao hospital, foram realizados exames que constataram a possibilidade de parto normal. No entanto, segundo informou o pai, o médico pediu a internação da mãe e decidiu pelo parto cesariana. A cesariana foi realizada pela ostetra Mariana Morette Giampietro.
A Santa Casa de Araçatuba confirma que "lamentavelmente ocorreu o acidente", mas afirma que o corte foi ocasionado pelo fórceps e não pelo bisturi. Fórceps é um instrumento utilizado para auxiliar a retirada da criança da barriga geralmente em partos normais, quando há dificuldade ou risco para a mãe ou à criança.

"Foi um parto cesáreo em que a bebê estava em posição que impediu a retirada por procedimento manual, sendo necessário o auxílio de um fórceps, equipamento utilizado em circunstâncias que representem risco à vida da gestante e ao bebê", afirmou o hospital por meio de nota.
Segundo o hospital, durante o procedimento ocorreu um corte acidental no couro cabeludo da bebê. "De imediato, a criança passou por exame de tomografia computadorizada que constatou tratar-se de lesão superficial sem trauma e comprometimento do cérebro".
"A área atingida foi suturada e a bebê permaneceu alguns dias internada em observação e para receber medicações necessárias à prevenção de infecção. Recebeu alta em boas condições clinicas", completou, por meio de nota

Fonte: r7