Break

Policia

Diego Alves sofre entorse no joelho direito e inicia tratamento no Flamengo





Diego Alves, goleiro do Flamengo, vai ficar afastado novamente dos campos, mas desta vez por lesão. Depois de pedir para não viajar ao descobrir que seria reserva contra o Paraná, se reunir com a diretoria e ficar fora até do banco de reservas no jogo contra o Palmeiras, ele sofreu entorse no joelho direito na manhã desta terça-feira, em treino no Ninho do Urubu.
Em nota curta, a assessoria de imprensa do Flamengo informou o seguinte:

"O atleta Diego Alves sofreu entorse no joelho direito. Iniciou tratamento."
Diego Alves sentiu lesão ao defender chute de Éverton Ribeiro. No lance, o meia limpou a jogada e abriu para Berrío, que devolveu para o arremate. Depois de fechar o ângulo do colombiano, o goleiro conseguiu a recuperação e travou a tentativa de Éverton. A partir daí, Diego levou a mão ao joelho direito e demonstrou desconforto. Na sequência da atividade em campo reduzido, o camisa 1 bateu o pé no chão várias vezes, como se quisesse firmar e testar o joelho.

Em seguida, no coletivo, o goleiro fez abdominais com o auxiliar de preparador de goleiros José Jober e voltou a demonstrar incômodo. Ele puxou a perna direita dobrada, mexeu com a mão no joelho, até que deixou o campo e seguiu para o vestiário acompanhado do Dr. Márcio Tannure. Minutos depois, o clube divulgou o diagnóstico.


Antigo titular do gol rubro-negro, Diego Alves não atua pelo Flamengo desde a noite de 26 de setembro, quando a equipe, ainda com o comando do técnico Mauricio Barbieri, foi derrotada para o Corinthians (2 a 1). O goleiro sentiu dores e continuou em campo até o fim da partida.



Flamengo informa: o atleta Diego Alves sofreu entorse no joelho direito. Iniciou tratamento


Com a chegada de Dorival Junior, César assumiu a condição de titular enquanto Diego Alves fazia tratamento. O goleiro prata da casa foi titular em todas as partidas com o novo treinador. Quando se recuperou, Diego Alves foi avisado que ficaria no banco na véspera da viagem para enfrentar o Paraná Clube, em Curitiba. Ele contestou a barração e se recusou a viajar, provocando crise no departamento de futebol do Flamengo. A diretoria não anunciou punição, mas reprovou a conduta do goleiro contratado no ano passado.


Diego Alves ainda não se manifestou sobre o episódio. No domingo, foi ao Maracanã e ao vestiário para passar força aos companheiros de time. Também assistiu ao jogo de um camarote no estádio, junto ao seu empresário Eduardo Maluf.


A quatro pontos do líder Palmeiras, o Flamengo enfrenta o São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi, às 17h, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro tem 59 pontos a sete partidas do fim da competição.

Fonte: GE

Nenhum comentário

GIRO NA NOTÍCIA

randomposts