Hulk reafirma desejo de defender o Palmeiras, mas admite dificuldade em sair da China no momento

Mais uma vez especulado como reforço do Palmeiras para a próxima temporada, o atacante Hulk voltou a ressaltar o carinho que tem pelo clube alviverde, mas negou que, pelo menos por enquanto, esteja negociando sua transferência para o atual campeão brasileiro. Hulk esteve na última semana participando de um jogo beneficente em Campina Grande, sua terra natal, e disse que mantém o desejo de vestir a camisa alviverde, mas que uma saída da China nesse momento é inviável.
- Sempre surge essa especulação do meu nome como jogador do Palmeiras justamente pelo carinho que eu tenho pelo time e que já deixei claro para todo mundo essa minha identificação com o Palmeiras. É um desejo meu, um desejo de voltar a jogar no Brasil, mas é algo que no momento fica um pouco complicado de acontecer. Tenho mais dois anos de contrato para cumprir no meu clube e estou feliz na China - comentou o atacante paraibano.
Hulk acabou de conquistar o primeiro título do Campeonato Chinês pelo Shangai SIPG, primeiro também na história do clube. Na equipe chinesa, o paraibano é o dono da camisa 10 e ainda ocupa o posto de capitão do time, que também tem no elenco outros dois brasileiros: o meio-campista Oscar, outro que chegou a ser especulado como reforço em algumas equipes brasileiras para a próxima temporada, e o também meia Elkeson.
Oficialmente, o Palmeiras confirmou até o momento as contratações do meia Zé Rafael, ex-Bahia, do atacante Arthur Cabral, conterrâneo de Hulk e que estava defendendo as cores do Ceará, o volante Matheus Fernandes, que estava no Botafogo, e os atacantes Felipe Pires, ex-Hoffenhein da Alemanha, e Carlos Eduardo, que estava no Pyramids, do Egito.
Hulk foi campeão chinês nessa temporada pelo Shangai SIPG — Foto: Reprodução Sina.com