Oscar 2019: 'Pantera Negra' se torna primeiro longa-metragem de super-herói indicado a melhor filme

SÃO PAULO - "Roma" e "A favorita" podem ter conquistado o maior número de indicações ao Oscar 2019 , mas "Pantera Negra" quebrou um paradigma histórico ao ser anunciado nesta terça-feira como um dos oito concorrentes ao prêmio de melhor filme. O longa de Ryan Coogler conseguiu quebrar a resistência da Academia e se tornou o primeiro inspirado em revistas em quadrinhos a disputar a principal categoria da premiação de Hollywoo
 Trata-se de um marco na história da indústria americana de cinema. A trilha foi aberta, segundo analistas americanos, quando "Batman: Cavaleiro das trevas" (2008) ficou de fora das indicações a melhor filme no Oscar 2009. Foi a partir da comoção em torno da exclusão do longa de Cristopher Nolan que a Academia começou a pensar em ampliar o número de indicados. A estratégia era abarcar mais filmes, abrir espaço para produções mais populares e tentar atrair a atenção do público jovem.
Primeiro, a Academia determinou que seriam dez os indicados a melhor filme. Depois, flexibilizou a regra, estipulando que os indicados poderiam variar de cinco a dez — este ano, por exemplo, foram oito. Mesmo com as mudanças, a resistência da comunidade cinematográfica a filmes mais populares ou oriundos de uma cultura geek se manteve, com raras exceções, como a animaçaõ "Up - Nas Alturas" e a ficção científica "Inception - A origem".
 
A Academia chegou a anunciar planos de incluir uma categoria de "Oscar popular" para acomodar filmes de super-heróis ou produções como as franquias "Star Wars" e  "Harry Potter". Acabou voltando atrás, alegando que a medida ainda exigia mais discussões. Mas com as oito vagas na categoria principal, conseguiu contemplar uma safra de filmes extremamente populares, como "Nasce uma estrela", "Bohemian Rhapsody" além, é claro, do "Pantera Negra".


Com US$ 1,3 bilhão arrecadados no mundo, "Pantera Negra" se tornou o terceiro filme mais rentável da história a ser indicado, atrás apenas de "Avatar" e "Titanic".