Break

Policia

Alemães protestam contra racismo e extrema direita



A convocação do ato foi assinada pelo Partido Verde, o partido A Esquerda e o Partido Social-Democrata (SPD), além do Centro Muçulmano Alemão de Berlim.

Houve também manifestações contra o racismo nas cidades de Colônia, Eisenach, Chemnitz e Frankfurt.

No mundo inteiro acontecem manifestações e eventos por ocasião das Semana Internacional contra o Racismo e da Semana de Ação Europeia contra o Racismo, entre 16 e 24 de março.

Na Alemanha, os protestos são dirigidos principalmente contra o partido populista de direita Alternativa para a Alemanha (AfD) que, segundo a associação Aufstehen gegen Rassismus é uma agremiação política que reúne um grande número de extremistas de direita.

Outros atos foram planejados para as cidades de Aachen, Essen e Hamburgo.

Em memória às vítimas do atentado contra duas mesquitas na Nova Zelândia, os participantes da passeata em Berlim fizeram um minuto de silêncio.

Em Eisenach, a polícia afirmou que cerca de 650 pessoas tomaram parte da manifestação, enquanto em Chemnitz foram "até 250", conforme os organizadores. Em Frankfurt, a polícia estimou que o protesto reuniu cerca de 300 pessoas.

Nenhum comentário

GIRO NA NOTÍCIA

randomposts