BREAKING NEWS
latest

26/06/2019

Com foco no combate à criminalidade, policiais participam de treinamento com cães farejadores em Vilhena

Um grupo de policiais de várias cidades do Estado participam de um estágio de detecção, guarda e proteção de cães farejadores, em Vilhena.
De acordo com a SGT do 3º Batalhão da Polícia Militar, Rozária Rodrigues de Moraes, que também é adestradora de cães, o curso começou na segunda-feira, 24, e encerra no sábado, 29, tendo como objetivo aperfeiçoar militares que já trabalham com adestramento de cães, assim como qualificar novos profissionais.
“Devido uma demanda grande de um Canil em Vilhena, a PM resolveu promover a formação para esses participantes que integram a segurança pública no Estado. Ao todo são 40 policiais que estão participando do estágio sendo estes da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Bombeiros Militares (BM) e Agentes Penitenciários” complementou Rozária.
Gilson Ferreira Alves, 3º sargento da reserva da Polícia Militar de São Paulo e também adestrador de cães farejadores, responsável pela instrução, explicou que curso visa ensinar a esses profissionais técnicas de adestramento para atuar no combate à criminalidade, que envolve detectar substâncias ilícitas, explosivos e proteção dentro dos presídios, eventos de futebol.
“A técnica do adestramento começa desde a questão psicológica, para conhecer o raciocínio do cão. E, a partir daí, são tratados outros pontos, testando a obediência avançada do animal, e depois o faro, colocando o cachorro diante de diversos odores”, finalizou.

Ao todo são 40 policiais que estão participando do estágio / Foto: Divulgação
Objetivo aperfeiçoar militares que já trabalham com adestramento de cães / Foto: Divulgação
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário