BREAKING NEWS
latest

21/07/2019

Agricultor de 47 anos corta o próprio pescoço em Cerejeiras, não encontra vaga em Cacoal e é salvo da morte em Vilhena

Um agricultor de 47 anos continua internado na UTI do Hospital Regional de Vilhena (FOTO), onde deu entrada na noite de ontem, com um profundo corte no pescoço. Ele chegou já em estado de choque hipovolêmico, em virtude do intenso sangramento que sofreu no trajeto entre Cerejeiras em Vilhena.
O homem assumiu ter se autolesionado, mas não explicou os motivos. Um dos médicos que atenderam o paciente acredita que ele tenha sido motivado por depressão e problemas emocionais.
Após a família constatar a gravidade do caso, levou o agricultor para o hospital de Cerejeiras, onde ele recebeu o primeiro atendimento. Na própria unidade de saúde, profissionais tentaram transferir o homem para Cacoal, mas ele não foi aceito por não haver cirurgião vascular de plantão no Hospital Regional daquela cidade no momento.
Aceito em Vilhena, o paciente enfrentou uma cirurgia que durou cerca de duas horas, e foi comandada pelo veterano Carlos Mamed. Ele teve que reconstruir vasos, veias, artéria e a traquéia atingida pela facada.
Já estável o paciente está fora de risco, mas o cirurgião que o salvou disse que, se ele demorasse mais para chegar até Vilhena, teria morrido.
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário