BREAKING NEWS
latest

05/07/2019

Confúcio Moura e coronel Pachá debatem segurança Pública para Rondônia

A implantação do Centro Integrado de Comando e Controle em Porto Velho, emendas parlamentares e o Programa ‘Rondônia Mais Segura’ foram alguns dos assuntos tratados na audiência entre o senador Confúcio Moura (MDB) e o secretário de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec), coronel José Hélio Pachá, na quinta-feira (04), em Brasília.
Falaram ainda sobre o Centro IML pericial de Ariquemes, que vai precisar de investimentos e sobre vídeo monitoramento no Estado, além de outros itens relativo a segurança pública. O senador se colocou à disposição para ajudar o estado no que for necessário.  Mas explicou a necessidade de o Governo apontar sugestões para que ele possa direcionar as ações no mandato.
Referente a criação do Centro Integrado de Comando e Controle, o coronel Pachá defendeu a necessidade de sua implantação em Rondônia. Segundo ele, estados que não sediaram jogos da Copa do Mundo e os jogos olímpicos também seriam contemplados com essa estrutura de salas, com acompanhamento de vídeo-monitoramento interligado de tecnologia ao centro integrado em Brasília. No entanto Rondônia ficou de fora.
De acordo com o secretário, havia uma previsão de repasse de recursos para a implantação de Centros Integrados Comando e Controle em outros estados, mas ele disse ter sido informado pela Secretaria de Integração que não há mais essa previsão a curto prazo. “Então a gente fica dependendo de emenda parlamentar impositiva. Estamos buscando apoio para que a gente possa ter essa emenda nos próximos anos e poder colocar Rondônia no patamar de tecnologia e integração com os demais estados.
O senador argumentou a importância do programa Rondônia Mais Segura, que, para ele, é inovador no Brasil, mas está apenas no papel. Ele defendeu a sua. “Se o governo tivesse a ousadia de implantar gradativamente do Estado, escolher Porto Velho, Ariquemes, Vilhena, enfim, as grandes cidades aí sim, a gente daria um extraordinário avanço, principalmente nas regiões com incidência de crime, como a região do vale do Jamari e a cidade de Porto Velho”, enfatizou o senador.
O secretário da Sesdec disse que estava devendo uma visita ao senador Confúcio, se colocou à disposição, falou como encontrou a Sesdec, ao assumir o cargo, o que está fazendo e o que pretende implementar na segurança Pública. Ao finalizar, pediu apoio dentro do possível para ajudar O estado na destinação de recursos orçamentários. Também participaram reunião a superintendente da Sibra, Leandra Dal Bello, e o Capitão da Polícia Militar de Rondônia que hoje está à disposição da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).
Assessoria de Comunicação

« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário