BREAKING NEWS
latest

07/08/2019

Brasília recebe 1º Festival de Tambaqui da Amazônia e lota Esplanada dos Ministérios

 O senador Confúcio Moura, um dos incentivadores da piscicultura no estado, participou do evento.
Seis mil quilos de peixe assado foram distribuídos gratuitamente à população brasiliense nesta quarta-feira (07). O evento promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária do Estado (Seagri), em parceria com piscicultores, principalmente do município de Ariquemes, teve o objetivo de divulgar a piscicultura de Rondônia, maior produtor de peixe nativo em cativeiro do Brasil.
Para o secretário da Seagri, Evandro Padovani, ao longo dos anos, Rondônia vem trabalhando bastante na produção do peixe, e um dos grandes incentivadores, segundo ele, foi o então governador e hoje senador da República, Confúcio Moura, que na sua gestão colocou a piscicultura como prioridade. “Isso aqui reflete desde que iniciamos lá atrás, e hoje aqui nós estamos buscando a comercialização. Demonstrando para o Brasil e para o mundo que Rondônia produz peixe em quantidade e em qualidade”, explicou.
O senador Confúcio Moura disse que foi um orgulho ver na Esplanada dos Ministérios o grupo de produtores de peixe de Rondônia, fazendo uma “churrascada” de 4,5 mil bandas de tambaqui. “É um bom exemplo o que Rondônia está fazendo. Mostrando nosso produto acabado para o país conhecer”. O senador enalteceu a organização do evento, que teve também a participação voluntária de membros do Lions Clube de Brasília. 
“Uma festa realmente linda, singular. É uma propaganda mostrar para o Brasil que Rondônia existe, e é forte na produção de alimentos, como o pescado”, enfatizou Confúcio.  Para ele, o peixe de Rondônia é um alimento saudável, ambientalmente seguro e tudo é licenciado pelos órgãos ambientais.
De acordo com Evandro Padovani, Rondônia produz hoje em torno de 95 mil toneladas de pescado, e agora o momento é buscar mercado. É mostrar para o Brasil e para o mundo que Rondônia tem quantidade e qualidade de peixe da Amazônia. “Nós estamos disponibilizando esse peixe nativo sem agredir o meio ambiente. São peixes produzidos com sustentabilidade ambiental e com qualidade na área de sanidade”, concluiu.

Assessoria de Comunicação


« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário