BREAKING NEWS
latest

24/11/2019

Vice-presidente da Arom recebe homenagem da ALE por trabalhos em comunidades quilombolas

A prefeita de São Francisco do Guaporé e vice-presidente da Associação Rondoniense de Municípios (Arom), Gislaine Lebrinha (MDB), foi homenageada na Assembleia Legislativa de Rondônia com Voto de Louvor pela contribuição com a luta e o avanço da igualdade racial nas comunidades quilombolas. A sessão solene foi comandada pelo deputado Lazinho da Fetagro (PT), na tarde desta quarta-feira (20). Além da gestora municipal, outras 20 personalidades também foram agraciadas.
A data escolhida para a entrega da homenagem foi Dia da Consciência Negra e Dia Nacional de Zumbi (20 de novembro), uma data instituída desde 2011. Zumbi foi escolhido pelo Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial, como símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil.
Em Rondônia, a população negra representa 62,5% do total. Somente em 2018, com aprovação de lei do então deputado Só Na Bença, é que foi inserido no calendário oficial do Estado o Dia da Consciência Negra.
Ao receber a homenagem por seu trabalho para as comunidades quilombolas de Santo Antônio e Pedras Negras, em São Francisco do Guaporé, a prefeita Lebrinha destacou sua felicidade pela indicação.
“Fiz muito pouco ainda, e observo que a gente discutir, nessa época, questão como racismo e discriminação, mostra que estamos tão atrasados. Quando me lancei candidata a prefeita, sofri muito preconceito de gênero, duvidaram da minha capacidade. Tenham orgulho de sua cor, de sua história, de sua cultura. Todos somos iguais, independente de raça, cor, religião ou gênero”.
“Com certeza, muitas outras merecem ser homenageadas, mas hoje aqui temos a honra de promover essa homenagem a personalidades marcantes na história de Rondônia. Quero registrar também, com muita vergonha, onde um deputado federal adentra ao Congresso e quebra uma obra de arte que representa a violência contra o negro no país. Proponho que nós aqui possamos redigir um documento de repúdio, para ser encaminhado à presidência do Congresso Nacional, em sendo aprovado”, disse Lazinho durante a solenidade.
Assessoria AROM
« ANTERIOR
PRÓXIMA »

Nenhum comentário